No Mundo
Quinta-feira, 20 de junho de 2024

Mansões de US$ 80 mi e túnel para a praia: conheça uma das cidades mais caras dos EUA

Interesse em se mudar para Manalapan, na Flórida, aumentou muito desde início da pandemia


Manalapan é uma pequena cidade localizada no sul da Flórida. Ela tem pouco mais de 400 moradores permanentes, cerca de 70 lotes e quase nada além disso. A maioria das pessoas, mesmo algumas que moram nas proximidades de Miami, nunca ouviu falar dela.

Entre aqueles que a conhecem, como Billy Joel e Tony Robbins, o interesse em se mudar para Manalapan aumentou muito desde o início da pandemia de covid-19, algo confirmado por corretores de imóveis e moradores locais. Ao contrário daqueles que optam por se mudar para outras áreas da Flórida, os novos residentes de Manalapan têm bem mais probabilidade de se tornarem bilionários por causa das extensas propriedades à beira-mar, da relativa privacidade e dos exorbitantes preços de venda da cidade.

Vista de Manalapan, Florida. (Crédito: Daniel Petroni/Cortesia do Exclusive Group/via Fortune)


Pelo valor, os compradores recebem o que Stewart Satter, residente e ex-prefeito de Manalapan, descreve como “um pequeno oásis mágico”. As propriedades estão localizadas entre o Oceano Atlântico e a Hidrovia Intracostal, oferecendo lotes generosos e uma tranquilidade que afasta moradores da vizinha Palm Beach. Segundo Malinosky a cidade localiza-se “no meio de muita ação”, próxima não só de Palm Beach, mas também de Delray e Boca Raton. E ela tem seus próprios departamentos de polícia e bombeiros.

“O departamento de polícia conhece todos os residentes”, diz Robert Burrage, construtor local que trabalha na região há 17 anos. “Se o seu portão ficar aberto depois de anoitecer, a polícia liga para se certificar de que está tudo bem. É um lugar muito rico, mas pitoresco.”


“Você garante o melhor dos dois mundos, é super único”, observa Malinosky.

A experiência de Satter na região exemplifica o quanto ela mudou ao longo dos últimos anos. Em 2004, o investidor comprou quatro propriedades em Manalapan por cerca de US$ 20 milhões no total. Ele vendeu um único lote por US$ 40 milhões no início de 2022. No início deste ano, ele adquiriu uma mansão construída em 1989 por US$ 28 milhões, com planos de demolir e reconstruir algo mais moderno (possivelmente com uma quadra de pickleball).

Reconstruções são frequentes em Manalapan, e isso é mais um atrativo para moradores ricos que não aceitam “não” como resposta. Burrage explica que a cidade é muito mais receptiva a diferentes estilos arquitetônicos do que outros enclaves de ultrarricos localizados ali por perto.

“Manalapan está aberta para receber as casas que as pessoas desejam construir”, observa Burrage. “Vejo bem pouca resistência.”
E, claro, a ausência de imposto de renda estadual na Flórida é a cereja do bolo, analisa Satter, que renunciou ao cargo de prefeito após a aprovação de uma nova lei de divulgação financeira no estado.

“As pessoas dizem: estou cansado do clima, dos impostos altos, meus filhos estão crescidos”, diz ele sobre a decisão de se mudar para o sul. “É uma comunidade pequena, absolutamente linda. É especial.”

Fonte: InfoMoney