Negócios
Sábado, 18 de maio de 2024

Grupo Casas Bahia volta atrás e Ponto retoma o nome Pontofrio

Cerca de 7 meses após voltar atrás em sua mudança de nome, o Grupo Casas Bahia (que antes era Via e antes, Via Varejo) fez outro recuo. O Pontofrio vai voltar ao seu nome original, cerca de 3 anos depois de ter sido reduzido para apenas “Ponto”. 

O retorno foi anunciado no perfil da marca nas redes sociais. “Agora me chamem do jeitinho que já estavam acostumados”, diz o post. A IstoÉ Dinheiro procurou a assessoria de imprensa do Grupo Casas Bahia, mas não havia recebido posicionamento oficial até a última atualização desta reportagem. 

A mudança de Pontofrio para Ponto havia acontecido em 2021 (quando o grupo ainda se chamava Via Varejo). 

Momento da empresa

A sequência de mudanças se dá em um momento delicado para a companhia, que busca melhorar seus resultados enquanto o mercado se preocupa com o endividamento. No último trimestre de 2023, o Grupo Casas Bahia reportou um prejuízo contábil de R$ 1 bilhão, uma forte piora na comparação com os R$ 163 milhões negativos do ano anterior, e o sexto resultado negativo seguido.

A empresa encerrou o período com uma dívida bruta de R$ 4 bilhões, e tenta ganhar fôlego para controlar esses números com medidas como um alongamento do perfil da dívida no valor de R$ 1,5 bilhão, com 3 anos, anunciado no primeiro trimestre de 2024. Enquanto isso, Casas Bahia dá sequência em seu plano de reestruturação anunciado no ano passado, que incluiu o fechamento de lojas.

A desconfiança do mercado financeiro em relação à situação de Casas Bahia se reflete no desempenho da ação BHIA3 na B3, a bolsa de valores brasileira. Depois de despencar 81% em 2023, em 2024 até agora o papel recua mais 46%.

Fonte: IstoéDinheiro