Economia
Quarta-feira, 24 de abril de 2024

Bolsa volta a subir apoiada em ações de exportadores de matérias-primas

O setor de matérias-primas da Bolsa de Valores continuava sustentando a alta do índice de referência do mercado de ações brasileiro e, com esse impulso ao segmento com grande potencial de internalizar investimentos, a taxa de câmbio oscilava perto da estabilidade apesar das incertezas provocadas pela discussão da PEC da Transição.
Às 11h23, o Ibovespa subia 0,93%, aos 111.946 pontos. O dólar comercial à vista caía 0,05%, a R$ 5,2870.
No mercado de juros futuros, a taxa DI (depósitos interbancários) para 2024 retomava a casa 14% ao ano, depois de ter fechado na véspera em 13,96%.
Após um dia trégua, as altas voltavam a se espalhar por todas as curvas curtas e médias de juros, ou seja, pelos contratos com vencimento para os próximos anos até 2030.
Na terça-feira (29), a alta das ações de exportadoras de matérias-primas impulsionou os ganhos na Bolsa de Valores e empurrou para baixo a cotação do dólar.
O segmento foi beneficiado por sinalizações do governo chinês de que Pequim poderá flexibilizar sua política de Covid zero e pela possibilidade de manutenção de estímulos à economia no país.
Esse cenário favorável a empresas brasileiras do ramo de materiais metálicos e de petróleo, entre outros, já que o país asiático é o maior consumidor mundial desses produtos.
Investidores também têm expectativas de que o presidente chinês Xi Jinping siga criando estímulos econômicos para amenizar os efeitos econômicos do confinamento de moradores e da interrupção de atividades no país para controlar o avanço da Covid.
Protestos contra as restrições impostas por Pequim estão tomando as ruas em diversas cidades na China. As manifestações começaram no fim de semana, depois que um incêndio em Urumqi, capital da região de Xinjiang, matou dez pessoas. Segundo manifestantes, o corpo de bombeiros demorou para agir por conta das restrições.
Os mesmo motivos que trouxeram otimismo às exportações brasileiras geraram uma corrida por ações do mercado chinês.
Nesta quarta, o índice da Bolsa de Hong Kong subiu 2,16%, depois de ter disparado 5,54% na véspera.
Especificamente sobre o dia do mercado no Brasil na terça-feira, analistas relataram redução dos temores em meio a declarações de que há abertura da equipe do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para negociar prazo e o volume de gastos acima do teto presentes na PEC da Transição.
Por enquanto, a exceção ao teto é de até R$ 198 bilhões e a proposta é que essa liberação tenha quatro anos de validade.

Fonte: FolhaPress