Internacional
Segunda-feira, 22 de abril de 2024

Europa faz acordo com farmacêuticas para garantir remédios contra vírus

Acordos abrangem o medicamento para artrite da Roche, RoActemra, e o remédio para esclerose múltipla da Merck, Rebif, vistos como potenciais terapias

A Comissão Europeia fechou acordos com as farmacêuticas Roche e Merck KGaA para garantir o fornecimento de tratamentos experimentais para covid-19, disse uma fonte da Comissão à Reuters nesta quarta-feira.

Os acordos abrangem o medicamento para artrite da Roche, RoActemra, e o remédio para esclerose múltipla da Merck, Rebif – ambos vistos como potenciais terapias para Covid-19 – e garantirão o fornecimento para qualquer um dos 27 Estados membros da União Europeia que desejem comprá-los, disse a fonte.

Os acordos ocorrem na esteira de pedidos dos Estados da UE em maio para adquirir os dois medicamentos, enquanto governos de todo o mundo disputam o acesso a potenciais terapias e vacinas para Covid-19, mesmo antes de sua eficácia ser comprovada.

A fonte, que não quis ser identificada devido à sensibilidade do tópico, não divulgou os termos dos acordos.

Mais tarde nesta quarta-feira, a Merck disse que a Comissão havia solicitado que ela estivesse preparada para fornecer o Rebif aos países da UE “mediante solicitação, se e quando a indicação para o tratamento com Covid-19 for aprovada”.

A Roche também confirmou as negociações com a UE.

“Nas discussões em andamento com a Comissão Europeia, a Roche se comprometeu em atender às necessidades de fornecimento a pacientes elegíveis com pneumonia associada ao Covid-19 na UE e em todo o mundo, de maneira equitativa e sustentável”, afirmou a empresa suíça em comunicado.

Uma porta-voz da Comissão não estava imediatamente disponível para comentar.

Fonte: Exame