Início Sem categoria George Washington Carver

George Washington Carver

Você sabe quem foi George Washington… Carver? Sim George Washington Carver.
Filho de pais escravos, nascido no ano de 1860 (às vésperas da Guerra Civil Americana), no estado sulista do Missouri, George recebeu o sobrenome Carver de Moses Carver, imigrante alemão, proprietário de terras, onde seus pais viviam em regime de escravidão.
Com uma semana de vida, George, sua mãe e sua irmã, foram “roubados”(sequestrados) da fazenda Carver, prática não incomum naqueles tempos.
Somente George foi recuperado pelos Carver, que o criaram a partir de então. Em 1865, com o fim da guerra civil, foi abolida a escravidão, porém, sem família e com apenas cinco anos de idade, George continuou a viver com os “ex-amos”.
Susan Carver, esposa de Moses, ensinou George a ler e escrever, e, aos 13 anos o garoto decidiu que precisava sair da fazenda para poder estudar.
Apesar da discriminação, George conseguiu perseverar nos estudos, e em 1888 ele obteve um empréstimo de US$ 300,00 para estudar.
Em 1891, ele entra para o Iowa State Agricultural College (atual Iowa State University), ele se tornou o primeiro estudante negro da instituição.
George Washington Carver tornou-se respeitado cientista em agronomia, desenvolvendo técnicas para recuperar o solo, esgotado pela incessante cultura do algodão, através da rotação de culturas (plantio de outros tipos de plantas), para recuperar o solo, bem como, para produzir alimentos, reduzindo a dependência dos agricultores em relação aos preços do algodão.
George W. Carver faleceu em 05 de janeiro de 1943, aos 79 anos, durante a maior parte da sua vida, atuou como cientista e professor, procurando levar aos agricultores pobres, na região sul dos Estados Unidos, negros ou brancos, formas de melhorar seus rendimentos e seu padrão de vida. Embora respeitado e admirado por presidentes, não foi convidado para nenhum cargo público.
Em 1916, George Washington Carver foi feito membro da Royal Society of Arts, no Reino Unido, honra que poucos outros americanos tiveram à época.
George Washington Carver nunca se casou, viveu no Campus do Tuskgee Institute ( Tuskgee University), durante boa parte de sua vida e, quando faleceu deixou a soma de US$ 60.000 para a George Washington Carver Foundation, dedicada à pesquisa agrícola.
Entre as versões sobre o porquê de George W. Carver não haver se casado, há, no livro “African American Perspectives on Biomedical Ethics (1992), de Harley Flack e Edmund Pellegrino, a afirmação de que George teria sido castrado, aos 11 anos de idade, por um médico, a mando de seu “senhor “, branco.

As oito virtudes cardeais de George Washington Carver para seus alunos:

Seja “puro, por dentro e por fora;
Não se enxergue abaixo dos ricos, nem acima dos pobres;
Perca, se necessário, sem reclamar;
Ganhe sem se gabar;
Sempre considere as mulheres, as crianças e os idosos;
Seja corajoso o suficiente para não mentir;
Seja generoso demais para trapacear;
Fique com sua parte no mundo, e deixe que os outros fiquem com as deles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Populares

Startup acelerada pelo SoftBank avança na América Latina e mira Brasil

A startup mexicana Kavak, que atua no mercado de venda de carros usados, faz sua primeira expansão na América Latina com a...

Huck se encontra com Leite para discutir aliança eleitoral em 2022 entre autores de manifesto

JOELMIR TAVARES - O apresentador Luciano Huck (sem partido) e o governador do Rio Grande do Sul,...

WIN, a tacada do BTG no futebol

A holding que controla o BTG Pactual e o empresário Claudio Pracownik estão se unindo para criar...

O furacão Katrina

O furacão, batizado como Katrina, começou a se formar, como uma zona de baixa pressão ao norte...