Economia
Quinta-feira, 13 de junho de 2024

Guinness lança fundo de US$ 100 milhões para salvar bares em São Paulo e no mundo

Os proprietários da Guinness também pediram aos governos que forneçam pacotes de recuperação de longo prazo para o setor. Os proprietários da Guinness também pediram aos governos que forneçam pacotes de recuperação de longo prazo para o setor

O Guinness criou um fundo de US$ 100 milhões que faz parte de um programa de ajuda e recuperação de bares lançado pela Diageo, dona da marca de chopp. O objetivo é contribuir para a sobrevivência desses estabelecimentos, que foram extremamente afetados pelo isolamento devido à covid-19.

Denominado “Raising the Bar”, o fundo tem como objetivo, também, mantem empregos e ajudar comunidades em todo o mundo. Os estabelecimentos que receberão o apoio estão em cidades como São Paulo, Nova York, Londres, Edimburgo, Dublin, Belfast, Cidade do México, Xangai, Deli, Mumbai, Bangalore, Nairóbi, Dar es Salaam, Kampala e Sydney, diz a Diageo, por nota.

Os proprietários da Guinness também pediram aos governos que forneçam pacotes de recuperação de longo prazo para o setor. O programa terá duração de dois anos e estará disponível a partir de julho de 2020.

A partir de 24 de junho de 2020, os proprietários de bares poderão registrar seu interesse no programa através do site www.diageobaracademy.com.