Cultura
Quinta-feira, 23 de maio de 2024

Companhia das Letras não vai ter estande na Bienal do Livro de São Paulo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A editora Companhia das Letras anunciou, nesta quarta-feira (17), que não participará presencialmente da próxima Bienal do Livro de São Paulo neste ano, adiada para acontecer entre os dias 30 de outubro e 8 de novembro.
Em nota, a editora afirma que não estará no evento com um estande como de costume, mas se compromete com outro tipo de apoio.
“Somos associados e parceiros da Câmara Brasileira do Livro nesse evento fundamental”, diz o comunicado. “Manifestamos -como é natural- nossa apreensão com os eventos de massa durante a pandemia do coronavirus, mas isso não significa que não prestigiaremos a Câmara em suas atividades em defesa do livro e da leitura no Brasil.”
A Câmara Brasileira do Livro, por sua vez, comunicou em nota que seus organizadores têm acompanhado atentamente os desdobramentos da pandemia da Covid-19 e, assim, estão avaliando os cenários possíveis.
“[Estamos] sempre colocando em primeiro lugar a segurança dos visitantes e expositores, cuja participação é uma decisão de cada empresa e que respeitamos”, diz o comunicado.