Cultura
Sexta-feira, 19 de julho de 2024

MIS completa 50 anos com ação que convida frequentador a contar história com o museu

Aniversário celebrado na sexta (29) ganha bate-papo ao vivo sobre a mostra de maior público: Castelo Rá-Tim-Bum.

Fonte: Site Do Portal do Governo

Museu da Imagem e do Som, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado, celebra seus 50 anos na próxima sexta-feira (29). Para comemorar a data, o museu – que permanece fechado em colaboração às medidas de contenção do novo coronavírus – convida o público para continuar fazendo parte dessa história. A partir dessa data, acessando o site do MIS, os internautas podem contar em vídeo seu caso de amor com o equipamento cultural.

Para marcar o aniversário, uma programação especial do #MISemCasa (ação virtual do museu com conteúdo diário inédito) traz uma live sobre Castelo Rá-Tim-Bum – A exposição, mostra de maior sucesso do MIS, realizada em 2014 em parceria com a TV Cultura.  Participam do debate atores que fizeram parte do elenco da série, como Angela Dip e Pascoal da Conceição, e a mediação fica por conta de André Sturm, curador da exposição e ex-diretor do MIS.

Novidades

Outras novidades são a inauguração da exposição virtual Moventes, elaborada a partir do acervo do Museu e que integra a plataforma Google Arts & Culture, e o Bate-papo de cinema Pontos MIS – Especial 50 anos, com a exibição e discussão do curta-metragem experimental Nasce o MIS, que contou com a colaboração de nomes como Ismail Xavier e Wesley Duke Lee, e foi realizado em 1970 por ocasião da inauguração da instituição.

“Mais do que um espaço físico, um museu é expressão dinâmica da memória da sociedade, das cidades, das pessoas. No caso do MIS, das manifestações artísticas relacionadas à imagem e ao som e de tudo que as envolvem. Com base nessas ideias, construímos uma comemoração dos 50 anos do MIS que coloca cada visitante como protagonista. Seus afetos transpostos por meio de vídeos irão compor uma ação virtual que mostra que estamos juntos, mesmo distantes”, diz Cleber Papa, diretor cultural do MIS.

“Neste momento em que um potente vírus nos obriga a nos reinventarmos, o MIS dá passos mais largos em direção a uma presença online ainda maior, e presenteia o público com uma programação que percorre de seu nascimento a recentes sucessos, apontando para um futuro no qual a rede de conexões tornará ainda mais amplos e acessíveis os diálogos entre o MIS e seu público”, completa.

Em comemoração ao aniversário do museu, a ação digital MIS 50 anos busca promover o compartilhamento de histórias entre o público e o equipamento. A partir do dia 29 de maio, acessando o site do MIS, o público enviar vídeos com seus relatos pessoais. A ação alcança as redes sociais do museu, permitindo que as histórias também sejam compartilhadas. Ao final, o público poderá acompanhar em uma página do MIS 50 anos os depoimentos que celebram essa história.